segunda-feira, 4 de junho de 2012

Meus 40 anos


Hoje completo 40 anos e estava buscando alguma inspiração para fazer um post  aqui no blog e me deparo com esse relato formidável do blog Mulher de 40. Esse blog diz tudo, acabei fazendo das palavras dela a minha. Muito bom, vale a pena ser lido!

Ao contrário de outras mulheres que conheço, estou muito animada com a entrada no "enta", tenho certeza que estou preparada para essa nova fase de minha vida. 


Selecionei esse texto que achei na net que realmente diz tudo de nós mulheres aos 40 anos:



"Mulher de 40 - Por Nicoz Telezunski

Comparando a mulher de 20 com a de 40 anos, num segundo momento, ela é umas sete ou oito vezes mais interessante, sedutora e irresistível do que no primeiro. Ela perdeu o frescor juvenil, é verdade, embora ainda preserve aquele sorriso encantador que me cativou no primeiro momento. Mas também perdeu o ar inseguro de quem ainda não sabe direito o que quer da vida, de si mesma, de um homem. Não sustenta mais aquele ar ingênuo, uma característica sexy de quando tinha 20. Só que somos compensados por outros atributos encantadores de que se reveste essa mulher de 40. Como se conhece melhor, ela é muito mais autêntica, centrada, certeira no trato consigo mesma e com seu homem.

Aos 40, tem uma relação mais saudável com o próprio corpo e com seu cheiro cíclico. Não briga mais com nada disso. Na verdade, ela quer brigar com o menos possível. Mas nunca deixa de ter aquela vaidade dos 20. Está mais interessada em absorver do mundo o que lhe parecer justo e útil, ignorando o que for feio e baixo-astral. Quer é ser feliz. Se o seu homem não gostar do jeito que ela é, que vá procurar outra. Ela só quer quem a mereça. 



Aos 40 anos, sabe se vestir. Domina a arte de valorizar os pontos fortes e disfarçar o que não interessa mostrar. Sabe escolher sapatos, tecidos e decotes, maquiagem e corte de cabelo. Mas, sobretudo, gasta melhor. E tem gestos mais delicados e elegantes.

Aos 40, ela carrega um olhar muito mais matador quando interessa matar e finge indiferença com mais competência quando interessa repelir. Ela não é mais bobinha. Não que fique menos inconstante. Mulher que é mulher, se pudesse, não vestiria duas vezes a mesma roupa, nem acordaria dois dias seguidos com o mesmo humor.

Aos 20, tinha espinhas. Aos 40, tem pintas. Encantadoras trilhas de pintas...que só sabem mesmo onde terminam, uns poucos e sortudos escolhidos. Sim, aos 40, é ela quem escolhe. Também aprendeu a se perfumar na dose certa, com a fragrância exata. A mulher de 40 dá gosto de olhar, captura os sentidos, provoca fome. 



Aos 40, ela é mais natural, sábia e serena. Seus lábios são mais reluzentes. Ainda desenvolve um toque ao mesmo tempo firme e suave. Ocorre algo parecido com os pés, que atingem uma exatidão estética insuperável. Acontece alguma coisa também com os cílios, o desenho das sobrancelhas. O jeito de olhar é mais glamuroso, mais sexualmente arguto.

Aos 40, quando ousa no quer que seja, costuma acertar em cheio. No jogo com os homens, já aprendeu a atuar no contra-ataque. Quando dá o bote, é pra liquidar a fatura. Ela sabe dominar seu parceiro sem que ele se sinta dominado. Mostra sua força na hora certa e de modo sutil, não para exibir poder, mas para resolver tudo a seu favor antes de chegar o ponto de precisar exibi-lo. Consegue o que pretende sem confrontos inúteis. Sabiamente, goza das prerrogativas da condição feminina sem engolir desaforos supostamente decorrentes do fato de ser mulher.



Se você anda preocupada porque não tem mais 20 anos, fique tranqüila: é precisamente, a partir dos 40, que o jogo começa a ficar melhor"


Um grande beijo em todas.
Renata Nunes

Um comentário:

  1. Eu tenho 29 e, desde que me entendo por gente, repito que a vida começa aos 40!!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Volte sempre e comente... :)